• elementusjr

Bebidas Isotônicas: conheça seu processo produtivo



Tecnicamente conhecidas como repositores eletrolíticos, as bebidas isotônicas e hidrotônicas, estão bastante associadas à pratica de esportes, apresentando como atrativo o baixo índice de calorias, porém com alto índice de acidez. O balanço entre os eletrólitos (minerais) evita a desidratação durante a prática esportiva, eles estão envolvidos na maioria dos processos biológicos, destacando-se entre eles o Sódio (Na), Potássio (K), Cálcio (Ca) e Magnésio (Mg).

O processo de produção de repositores hidroeletrolíticos envolve a fabricação do produto básico, seu acondicionamento e sua distribuição, além da aquisição de matérias primas e embalagens. Vale ressaltar que são produtos pouco explorados no mercado; sendo a inovação no ramo a partir do desenvolvimento de novos produtos uma opção excelente para desfazer o monopólio comercial que existe atualmente.

Matérias-primas

  • Água;​

  • Açúcar;​

  • Acidulantes (ácido cítrico);​

  • Antioxidantes (ácido ascórbico);​

  • Aromatizantes;​

  • Corantes.​

Processo Produtivo

Isotônicos, segundo a ANVISA, devem ter em sua composição sódio entre 460 e 1150 mg/l; carboidratos até 8% (sendo frutose até 3%); potássio até 700 mg/l; podem ter vitaminas e minerais (respeitando regulamento técnico) e não podem ter fibras, nem outros nutrientes ou componentes.​ A forma de apresentação pode ser em pó ou líquido. ​

Confira abaixo um fluxograma do processo:


Fonte: E-book sobre Bebidas não alcoólicas - Elementus Júnior Consultoria

#Blog

242 visualizações
MKT_-_Logo_Monocromática_Branca_-_2018.p

Contate a Elementus

Elementus Júnior Consultoria  ©2020

Endereço

Nossas redes

  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Av. dos Economistas, 24-52 - Cidade Universitária, Recife - PE, Brasil

Das 08h - 17h

(81) 3103-9033 
(81) 99224-6150
info@elementusconsultoria.com